5 dicas de como usar espartilho

Você pode ler o artigo completo, ou navegar por tópicos. Selecione o que você deseja! Neste texto você encontrará informações sobre:
Pessoa transexual colocando espartilho em frente ao espelho.

A moda vai e vem, mas algumas peças permanecem icônicas sob o imaginário popular. Um exemplo são os sensuais e femininos espartilhos, corset ou corselete, que volta e meia ganham os holofotes, mas você sabe como usar espartilho?

Você alguma vez já se perguntou: como usar espartilho? Seja no dia a dia ou pensando em fazer uma surpresa para uma noite especial. Esse item do vestuário feminino é um ícone que ativa a imaginação e, também, gera algumas dúvidas.

 Os espartilhos foram usados como modelador de figura, levantamento de busto e roupa de baixo de apoio ao vestuário por muitos anos. Podemos dizer que eles foram os antepassados dos sutiãs e, por eles, foram substituídos.  É impossível não ganhar a atenção e olhares admiradores ao usar um belo e bem estruturado espartilho. Afinal, eles não apenas modelam o corpo, mas injetam confiança, elevando a autoestima da mulher.

Vamos descobrir como usar espartilho e aproveitar para aprender um pouco mais sobre essa peça que faz nossa imaginação flutuar? Confira!

Onde surgiu o espartilho?

Os espartilhos surgiram no século XVI na Inglaterra e, a princípio, tinham como função melhorar a postura e servir de suporte para os seios das mulheres.

Anos mais tarde, por volta do século XIX, ele ganhou uma forma mais parecida com que conhecemos nos dias atuais e sua atenção foi voltada para a cintura – na chamada Era Vitoriana.

Com ilhós e até mesmo usando barbatanas de baleias, criou-se um movimento, especialmente na França e Espanha, de visuais onde as mulheres apareciam com cinturas superfinas.

Os corseletes eram usados sobre as vestimentas, ou seja, por cima dos vestidos que traziam ainda saias volumosas para evidenciar o corpo marcado e bem acinturado.

Por volta de 1901 o sutiã foi criado, e com isso o espartilho foi perdendo espaço entre mulheres de todo o mundo e a cintura finíssima não era mais considerada de bom gosto.

Na década de 30 eles ressurgiram e voltaram a fazer sucesso por meio do cinema das pin-ups,  e não apenas como uma lingerie comum, mas como uma arma de sedução e poder feminino.

Com o passar dos anos, por volta da década de 40, o acessório ganhou ares e menções fetichistas e fantasiosos. Sendo usado exclusivamente como lingerie e associado a sedução e ao prazer.

Mas novamente saiu de moda e quase caiu no esquecimento coletivo. A década de 80 – revolucionária e uma das mais ousadas para a moda – tentou trazer de volta o uso do espartilho.

Mas, mesmo com toda a revolução artística e musical desse período, o espartilho não conseguiu cair nas graças da grande massa.

E por longas décadas ficou atrelado à imagem de fetichista e como item exclusivo para ser usado como uma lingerie mais ousada.

Os anos 2000 foram os grandes responsáveis por trazer definitivamente os espartilhos e corsets de volta à moda, e não apenas entre 4 paredes.

Durante as duas décadas do novo milênio a peça ressurgiu em momentos distintos, na primeira década foi usado literalmente como uma lingerie à mostra. Com muita renda e transparência junto às saias e calças de cintura superbaixa.

Leia também: Lingerie de renda: confira os modelos mais sensuais!

A peça ganhou novas nuances, tecidos mais nobres, deixou um pouco de lado a transparência e a essência de roupa íntima e, hoje, pode ser usada com muito mais estrutura e sofisticação.

Como se usa espartilho: 5 dicas para você dar um up no seu look

Atualmente, o espartilho pode ser usado tanto como uma peça de roupa normal no dia a dia, em diferentes tipos de eventos e situações e, também, como um look sensual junto a outras lingeries.

Podemos dizer, então, que o céu é o limite. Basta saber escolher bem o estilo certo da peça para cada situação.

Vale lembrar que esse acessório dá a mulher um visual feminino e sensual, por isso, é necessário que você assuma essa personalidade ao usar um espartilho.

Nada de ficar com vergonha e muito menos desconfortável, ok? Você vai atrair olhares e admiração. Aproveite, assuma o controle da situação e orgulhe-se do seu poder.

Vamos conferir 5 formas de como usar espartilho!

1. Com jeans

Um jeans reto com lavagem escura, um salto alto fino, um belo corselete estruturado, com alças finas e comprimento alongado.

Prefira peças em cetim ou algum outro tecido nobre, busto meia taça. Para dar um ar mais contemporâneo o sofisticado ao visual, acrescente um blazer com corte tradicional.

Prefira usar cores e tons mais neutros e fechados nas roupas, acessórios e maquiagem para dar ainda mais charme e glamour ao look.Mulher usando espartilho vermelho com cinta liga e meia-calça.

2. Com liga

Para quem deseja sair da rotina e apimentar a relação a dois, um belo espatilho é uma escolha que certamente vai agradar e fazer sucesso.

Um belo modelo de espartilho estruturado em renda e com uma pegada meio pin-up ficará lindo. Combine com uma bela calcinha que forme um conjunto e, claro, meia calça presas a ligas.

Leia também: Lingerie de renda: aprenda como cuidar melhor das suas

Para fechar o pacote escolha um belo scarpin de salto, uma maquiagem poderosa com um batom vermelho e cabelos soltos.

Mulher usando espartilho de renda preta.

3. Com saia

Para quem deseja um ar mais romântico, feminino e sensual, mas nada exagerado ou vulgar, uma boa alternativa é usar o espartilho com saia em corte evasê.

Na altura dos joelhos ou midi. Escolha um modelo com tecido leve que traga movimento E sutileza ao look. Opte por um espartilho com alças finas, busto estruturado e alongado.

Use a peça por dentro do cós da saia e prefira tons claros como nude, offwhite e rosê. Acessórios e joias delicadas e sandálias de tira com salto fino irão dar um ar romântico ao visual.

Mulher usando espartilho branco de renda.

4. Com fantasia

Nada melhor do que sair da rotina e se jogar nas fantasias e até mesmo colocar em prática alguns fetiches escondidos.

O espartilho pode ser usado junto a uma fantasia que pode ser de gatinha, dominatrix, submissa ou qualquer outro personagem que vier a sua mente.

Dependendo do contexto ou mesmo da fantasia escolhida, o espartilho não precisa combinar com perfeição com o restante do look.

A ideia é que ele valorize bem as curvas e o colo para apimentar ainda mais a relação e o momento entre 4 paredes.

Mulher usando espartilho estampado de zebra.

5. Com vestido

Os espartilhos e corsets são ótimas alternativas para renovar o visual daquela peça que muitas vezes é usada sozinha e pode ficar sem graça.

Aposte no uso por cima de vestidos amplos e até mesmo chemises. Nesse caso os espartilhos podem ser mais curtos com alças finas ou médias.

E no caso dos corsets, pode ser tomara que caia e bem ajustados ao corpo. A ideia é marcar a cintura e dar um ar criativo e ousado ao visual, que pode ser completo com sandálias baixas ou tênis.

Leia também: Lingerie à mostra: aprenda como usar essa tendência

Mulher usando corselet cropped.

É verdade que o espartilho afina a cintura?

Sim. Porém, para conseguir esse efeito é preciso usar modelos muito específicos e quase ortopédicos, que sejam bem ajustados ao corpo.

Para tal objetivo, algumas mulheres passam de 6 a 8 horas por dia usando o espartilho, por meses.

Essa não é uma prática recomendável ou incentivada por muitos especialistas e até por movimentos feministas.

Uma vez que o uso com esse objetivo acaba por trazer gatilhos para a mulher como a busca por um corpo perfeito, magro e inalcançável.

Como comprar um espartilho?

Antes de comprar um espartilho de verdade é preciso entender que, hoje, a moda traz variedades e opções de corserts e até croppeds que simulam o design de um espartilho.

Ou seja, são peças criadas para serem usados nas mais diferentes situações e eventos, mas que não podem ser chamadas de espartilhos. O motivo?

Essas roupas, geralmente, não tem a função de modelar o corpo de fato. São peças, sim, ajustadas à cintura e busto, mas que não “apertam” a silhueta.

O espartilho serve para modelar e corrigir a postura, além de dar uma sustentação ao seio, o que valoriza bastante o decote.

A mulher fica com o corpo bem ao estilo “violão”. Logo, para comprar um espatilho verdadeiro é preciso se atentar a alguns fatores, como:

  • Saiba bem a medida da sua cintura em centímetros;
  • Compre um modelo que tenha 10 cm a menos que sua cintura;
  • Escolha uma peça de uma marca confiável e de qualidade;
  • Verifique se o modelo escolhido possui colchetes e amarrações;
  • Observe bem o tipo de tecido usado na fabricação. Não pode ser tecido com elasticidade.

Lembre-se que o espartilho tem como propósito realçar suas curvas e silhueta, por isso, precisa estar muito bem posicionado e ajustado ao corpo.

Porém, não deve causar incômodos, dores e em hipótese alguma ferir a pele. Espartilhos malfeitos ou de qualidade inferior podem causar sérios danos ao seu bem-estar e saúde.

Fique atenta e busque sempre se informar, ter boas recomendações sobre a loja e a marca de interesse. As redes sociais estão aí para isso.

Conheça suas medidas, compre o tamanho certo e use com sabedoria seu espartilho. Em momentos especiais e para se sentir ainda mais poderosa e sensual.

Nada de usar por horas e horas com o intuito de afinar cintura e jamais para fazer exercícios físicos, combinado?

Espartilho é na Miess

Com uma curadoria atenta e sempre disposta a levar até você o que há de melhor e mais atual para tornar sua vida mais instigante e caliente, claro que nossa sessão de lingerie conta com espartilhos incríveis a sua espera.

Espartilhos, corsets e corselets para todos os corpos e personalidades para não deixar o seu dia a dia cair na rotina.

Nossa seleção conta com opções de fantasia, românticas, BDS e muito mais. Peças que saem do lugar comum e vão surpreender seu crush.

O catálogo de espartilhos Miess traz peças com muita renda, transparência, bustos bem estruturados e opções de conjuntos.

Afinal, nada melhor do que um look completo com espartilho, calcinha, cinta liga e meia calça para acordar a Afrodite que vive dentro de você!

O que está esperando para incluir esse acessório que é pura sedução e sensualidade no seu guarda-roupa e na sua rotina a dois?

Confira o catálogo completo de espartilhos e lingeries Miess e inspire-se. Estamos te esperado!

Redação Miess

Redação Miess

Equipe de produção de conteúdo especialista em assuntos relacionados a amor, sexo, saúde, dicas para renda extra, e muito mais! Toda semana publicamos diversas novidades em nosso Blog, acompanhe!

Visite nossa loja!
POSTS RELACIONADOS
Pessoa transexual colocando espartilho em frente ao espelho.
Como usar

5 dicas de como usar espartilho

A moda vai e vem, mas algumas peças permanecem icônicas sob o imaginário popular. Um exemplo são os sensuais e femininos espartilhos, corset ou corselete,

Revender Miess é levar saúde, prazer e autoestima. É realizar seus sonhos e conquistar sucesso, ganhos e realização.

Atendimento

Para comprar ou tirar dúvidas sobre produtos e preços:

Telefone: (11) 4810-6810
Whatsapp: (11) 990120595
E-mail: sac@miess.com.br

Horário de atendimento

De Segunda a Sexta das 8h às 18hrs e Sábados das 8h às 12h

Assine nossa newsletter

Receba promoções e novidades em primeira mão!

Junte-se a nós ♡

#TIMEMIESS

cadastre-se e receba nossas promoções e ganhe um cupom de desconto