Como tratar a dificuldade de ereção com o peridell

COMO TRATAR A DIFICULDADE DE EREÇÃO COM O PERIDELL

Navegue por tópicos!

A disfunção erétil (DE) refere-se a incapacidade de obter e/ou manter uma ereção adequada até a conclusão da atividade sexual. Para Abdo (2016) esta disfunção atinge 45,1% dos homens brasileiros em algum grau, sendo que a incapacidade total é de 1,7%; incapacidade moderada de 12,2%; incapacidade mínima, que raramente ocorre é de 31,2%. O nível de educação dos homens que apresentam DE tende a ser inferior em comparação com o homem que não apresenta esta queixa.

Isso demonstra a importância da educação para a prevenção das disfunções sexuais, dos cuidados com a saúde física e emocional, hábitos de vida saudáveis e informações corretas sobre sexo e sexualidade. Problemas na ereção esporádicos são naturais e podem resultar de cansaço, preocupações, estresse, falta de interesse em sexo no momento, não caracterizando disfunção sexual. Características e fatores que causam a DE A maioria dos casos de impotência surge após um período de funciona¬mento sexual “normal” (tipo adquirido). A ausência completa de qualquer resposta erétil é rara, sendo comum a presença de uma ereção parcial não suficiente para a penetração vaginal, ou a existência de ereção completa que habitualmente é perdida quando da aproximação da pene¬tração vaginal. Em alguns casos a ereção pode ser suficiente para a penetração, mas diminui em seguida, não permitindo a continuação da penetração. Os fatores que causam a dificuldade de ereção, são:

1- Maus hábitos de vida (sedentarismo, obesidade, estresse, tabagismo, alcoolismo e drogas ilícitas);

2- Cirurgias e traumas (com lesões nos músculos, circulação e nervos);

3- Conflitos no relacionamento (afastamento íntimo entre o casal, problemas sexuais da parceira);

4- Baixa autoestima, insegurança, depressão, questões culturais;

5- Doenças de origem neurológica, vascular (diabetes), hormonal (diminuição de testosterona), respiratória e hepática;

6- Efeitos adversos de medicamentos (anti-hipertensivos, diuréticos, antidepressivos, ansiolíticos);

7- Condições físicas que cause dor ou desconforto;

8- Envelhecimento (com enfraquecimento muscular, alterações na circulação e nervos).

Fatores emocionais e físicos comprometem a força dos músculos do assoalho pélvico, região do períneo, e como consequência haverá alterações na ereção e ejaculação. Nestes casos é indicado tratamento com o fisioterapeuta especializado em Fisioterapia Pélvica. Quando o homem apresenta com frequência dificuldade de ereção poderá desenvolver ansiedade, em consequência desta ocorre ejaculação precoce. Pode apresentar com o tempo depressão, dificuldades no relacionamento, insegurança, baixa autoestima e insatisfação com a autoimagem.

hz-608-vd_0000000892_0000003063

Nestes casos é indicado terapia com psicólogo, assim esta fase será passageira e previne problemas futuros no relacionamento. ATUAÇÃO DO PERIDELL NA DE O Massageador Terapêutico Peridell foi desenvolvido diante da necessidade de trabalhar disfunções musculares da região perineal no consultório para homens e mulheres. No homem ele é indicado para dor na penetração ou após, alterações de desejo e lubrificação, alterações na ejaculação e ereção, dificuldade ou ausência de orgasmo. Sendo que deve ser usado nos músculos íntimos, chamados assoalho pélvico, localizados na região do períneo. Ele atua na ereção porque a vibração possui efeitos fisiológicos que contribuem para a melhora dos músculos, circulação e nervos locais. Possui 4 ponteiras que são indicadas de acordo com a região do corpo a ser tratada e acompanha 1 manual de uso. Modo de uso do Peridell para DE:

1- utilizar a ponteira plana na região do períneo, principalmente entre o escroto e ânus com 5 minutos inicialmente cada região (inervação). Após movimentar o Peridell por todo o pênis, da base à cabeça em movimentos deslizantes por 5 minutos inicialmente. O tempo em cada região deve aumentar progressivamente até chegar a 15 minutos.

2- Após uns 4 dias de uso como descrito acima o homem deve substituir a ponteira plana para a pontiaguda maior e repetir os movimentos realizados. Agora iniciar com tempo de 5 minutos e progredir até 15 minutos para cada região do períneo e pênis. Deve ser utilizado em dias alternados com o tempo máximo indicado acima, por um período de no mínimo de 3 meses. Para intensificar os resultados recomendamos avaliação com Fisioterapeuta especializado na Fisioterapia Pélvica e acompanhamento com Psicólogo.

Fonte: Blog Hot Flowers

Redação Miess

Redação Miess

Equipe de produção de conteúdo especialista em assuntos relacionados a amor, sexo, saúde, dicas para renda extra, e muito mais! Toda semana publicamos diversas novidades em nosso Blog, acompanhe!

Visite nosso loja!
POSTS RELACIONADOS

Revender Miess é levar saúde, prazer e autoestima. É realizar seus sonhos e conquistar sucesso, ganhos e realização.

Atendimento

Para comprar ou tirar dúvidas sobre produtos e preços:

Telefone: (11) 4810-6810
Whatsapp: (11) 990120595
E-mail: sac@miess.com.br

Horário de atendimento

De Segunda a Sexta das 8h às 18hrs e Sábados das 8h às 12h

Assine nossa newsletter

Receba promoções e novidades em primeira mão!