O que é e como fazer pompoarismo?

Miess Sex Shop e Lingerie -Sexo Oral

bolinhas-tailandesas-usadas-para-os-exercicios-de-pompoarismo-1287584291355_615x300
Primeiramente temos que saber como surgiu o pompoarismo. Certo? Essa técnica surgiu a muitas décadas atrás pelos orientais, sendo usada em rituais de fertilidade pelas sacerdotisas em templos sagrados para o desenvolvimento da sexualidade feminina.
O exercício visa o fortalecimento dos músculos da vagina e da pélvis, ajudando a melhorar de forma significativa diversos aspectos da saúde e também do relacionamento, entre eles, o aprimoramento da vida sexual da mulher e de seu parceiro, além de apimentar cada vez mais a relação, além de auxiliar na prevenção de disfunções como a anorgasmia que é a ausência de orgasmos na relação sexual, a incontinência urinária, o vaginismo e o prolapso do útero e da bexiga.
Uma das formas de começar a técnica do pompoarismo é no prática do sexo oral feminino.
As técnicas de pompoarismo melhoram a consciência corporal e são o caminho ideal para aumentar o prazer e aumentar o autoconhecimento feminino sobre o corpo.
Esses exercícios são atualmente conhecidos como exercícios de kegel e são a base do pompoarismo. A vagina possui algumas fibras nervosas sensoriais, porém o prazer sexual também ocorre devido à sensibilidade nos músculos da pélvis, que reduzem o tamanho da vagina e aumentam o atrito com o pênis durante a relação sexual.
Com isto, a prática do pompoarismo irá estimular a musculatura em toda esta região, aumentando a sensibilidade de forma considerável. Quando estes músculos ficam mais firmes e fortes, estes passam a desenvolver mais terminações nervosas, promovendo, assim, mais sensações durante o sexo.
O pompoarismo melhora também a circulação sanguínea que é fundamental para promover as sensações durante o ato sexual e, principalmente, durante o orgasmo, estimulando as diversas regiões da vagina como o clitóris. Eles também ajudam a evitar a flacidez muscular muito comum a partir de certa idade, melhorando a qualidade de vida.
Seguindo o programa estabelecido por um bom curso de pompoarismo, você irá perceber resultados expressivos no seu dia a dia e, principalmente, irá perceber que sua vida sexual e amorosa será muito mais plena. Você terá uma autoestima melhor e também ficar mais segura e feliz.
As maiores vantagens decorrentes deste processo são o combate à flacidez da vagina, o melhor funcionamento do trato urinário e maior prazer durante o sexo, com a paciente tendo mais capacidade de atingir e controlar o orgasmo.
Quando fizer o exercício na sua relação sexual, a mulher terá menos mecanismos sabotadores para impedi-la de chegar ao prazer e ao orgasmo.
bolaschinesas
Como aprender as técnicas de pompoarismo?
Antes de iniciar a prático é fundamental saber como está o seu nível muscular para garantir uma boa execução dos exercícios do pompoarismo. Nesta etapa, todos os movimentos são realizados com a respiração em intervalos controlados, com a postura adequada, melhorando, também, a consciência corporal.
É importante lembrar que, assim como qualquer atividade para o desenvolvimento muscular, a disciplina na prática do pompoarismo também é fundamental, garantindo que os resultados apareçam já no curto prazo, após três ou quatro meses fazendo os exercícios de forma correta.
Quais os exercícios do pompoarismo?
Para as iniciantes são realizados exercícios que não envolvem aparelhos, utilizando-se apenas movimentos simples que promovam a contração e o relaxamento dos músculos. Com a melhoria do desempenho da praticante, são utilizados aparelhos que irão aumentar a dificuldade dos movimentos, promovendo maior fortalecimento muscular.
A técnica é feita de várias formas, podendo ser executados quando deitado, em pé, com as pernas afastadas, com o corpo reclinado ou até mesmo caminhando, podendo ser feitos, inclusive, ao longo do dia. Todos os movimentos são planejados com séries, repetições e em tempo, estimulando o desenvolvimento da musculatura.
Durante o curso de pompoarismo são realizados testes para se verificar o desempenho da praticante para que se avalie a melhoria da performance nos exercícios. Conforme as semanas passam ao longo do curso, utiliza-se uma régua para medir o quanto se consegue expulsar o vibrador ou bastão da vagina.
Estima-se que em três meses de prática constante de exercícios já é possível se sentir mais força e flexibilidade na musculatura da vagina. Todos os exercícios devem ser feitos com a respiração correta, inspirando-se pelo nariz enquanto se contrai a musculatura vaginal ou anal, fazendo-se o relaxamento e expirando pela boca.
Antes de iniciar a prática dos exercícios que serão apresentados a seguir, certifique-se de disponibilizar pelo menos de 20 a 30 minutos por dia para que você realize os movimentos. O ideal é buscar um local agradável para que você consiga relaxar e também realizar as atividades sem pressa.
download
Veja, a seguir, alguns dos exercícios e como fazer no dia a dia:
1° Exercício
Inspire e contraia os músculos da vagina durante o tempo de 1 segundo. Expire e relaxe os músculos por mais 1 segundo. Faça este exercício repetindo por, pelo menos, 5 vezes;
2° Exercício
Inspire e segure o ar no abdômen. Ainda com a respiração presa, contraia os músculos da vagina durante o tempo de 5 segundos. Expire o ar ao mesmo tempo em que relaxa os músculos. Faça este exercício por, pelo menos, 5 a 10 minutos;
3° Exercício
Contraia os músculos da vagina como se quisesse chegar ao abdômen. Continue contraindo pelo tempo máximo que conseguir e depois relaxe. Vá realizando o exercício, procurando aumentar o tempo em que consegue segurar os músculos contraídos;
4° Exercício
Fique deitada com os braços estendidos ao longo do corpo. Flexione as pernas, apoiando os pés no chão. Eleve os quadris, formando um ângulo de 90 graus nas pernas, deixando somente os ombros e os pés encostados no chão.
Neste movimento de elevação, faça a contração dos glúteos e permaneça assim por 10 segundos, voltando à posição inicial e relaxando a musculatura. Faça este exercício por, pelo menos, 5 vezes;
5° Exercício
Em pé e com os pés separados, deixe as pernas levemente flexionadas e as mãos na cintura. Inspire e contraia os músculos da vagina com o movimento do quadril para frente e para cima. Segure por 5 segundos nesta posição.
Faça o movimento com o quadril para trás, deixando os músculos relaxados e expirando o ar. Repita todo o exercício por, pelo menos, 10 minutos;
6° Exercício
Deitada ou encostada de forma confortável deixe as pernas separadas e introduza o dedo no canal vaginal. Contraia os músculos da vagina, apertando o máximo de puder o dedo. Solte e repita o movimento criando, de forma alternada, várias contrações vaginais.
Se você sentir que há pouca pressão no dedo, comece colocando dois dedos e pratique o exercício. Você perceberá que, em algumas semanas, estará aumentando a pressão no local, já que os músculos estarão mais fortes, e poderá usar somente um dedo no exercício;
7° Exercício
Utilize aparelhos específicos para o curso de pompoarismo como os pesos especiais, exercitando a região vaginal com movimentos de contração e relaxamento, sugando e expelindo os pesos, para fortalecer a musculatura.
Vale lembrar que os exercícios com aparelhos são recomendados para as pessoas com nível intermediário e avançado nas técnicas de pompoarismo;
Faça estes exercícios com calma, mas procure ter uma dedicação diária para conseguir sentir os resultados de fortalecimento da musculatura vaginal. Em pouco tempo, você sentirá mais confiança e também verá os benefícios na sua vida amorosa e sexual.

Como os cones devem ser escolhidos?

kit-5-cones-vaginais-pesos-para-pompoarismo-2032455770g-17358-MLB20137012129_072014-F
Os cones vaginais possuem diversos pesos diferentes, que normalmente variam entre 20g e 70g. Normalmente esse instrumento é vendido em um conjunto de quatro peças, que costumam ser identificadas pelas cores:
– Rosa: 20g
– Amarelo: 32g
– Branco: 45g
– Verde: 57g
Mas antes de confiar nessa regra, vale confirmar com o vendedor ou conferir as informações que estão presentes no rótulo do produto. Para saber qual peso se adapta à força da sua musculatura vaginal, é preciso experimentar um por um.
Basta introduzir o cone vaginal até o fundo da vagina, realizando uma forte contração e mantendo a musculatura contraída para segurar o cone. Quando conseguir fazer isso sem muita dificuldade e nem de forma fácil demais, você terá identificado o cone mais indicado para sua musculatura no momento. Se você preferir comprar a unidade do cone, opte por um peso entre 45g e 57g. Geralmente os cones de 20g e 32g são muito leves e sugeridos somente para mulheres que não tem praticamente nenhuma força nessa região.
Conforme for praticando a técnica, o pesinho será segurado mais facilmente por meio da contração vaginal. Nesse momento, é hora de aumentar o peso do cone, pois é sinal que sua musculatura já está ganhando força. A boa notícia é que isso costuma acontecer mais rápido do que se imagina. Na maioria dos casos, caso treine todos os dias, a mulher consegue aumentar o peso depois de uma semana de uso. Quando o pompoarismo é realizado corretamente, o músculo vaginal ganha força rapidamente, aumentando a eficácia da técnica.
Para as mulheres que ainda não tiveram relação sexual, a inserção de qualquer um destes instrumentos poderá romper o hímen, portanto não é indicado. Mas ainda é de extrema valia treinar essa musculatura, através de exercícios sem instrumentos, melhorando assim a saúde vaginal e trazendo uma melhor qualidade de vida ao iniciar a vida sexual.

Gostou do artigo? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Miess Logo
Atendimento

Para comprar ou tirar dúvidas sobre produtos e preços:

Telefone: (11) 4810-6810
Whatsapp: (11) 94793-4815
E-mail: sac@miess.com.br

Horário de atendimento

De Segunda a Sexta das 8h às 18hrs e Sábados das 8h às 12h

Assine nossa newsletter

Receba promoções e novidades em primeira mão!

Assine nossa newsletter

Receba promoções e novidades em primeira mão!

Miess Logo