Assine nossa newsletter e ganhe 10% de desconto em sua primeira compra

Ejaculação precoce, como melhorar ?

EJACULAÇÃO PRECOCE, COMO MELHORAR?
Quando o homem ejacula antes do que gostaria ele pode ter Ejaculação Precoce (EP), esta ocorre em 20 a 30% dos brasileiros.
Não existe um tempo que determina se é ou não EP, mas nestes casos ela ocorre com estímulo sexual mínimo antes, durante ou logo após a penetração. Isso mesmo, alguns homens ejaculam antes de penetrar na vagina e causa insatisfação sexual para o casal.

Possíveis causas da Ejaculação Precoce (EP)

Muitos homens que apresentam EP tem pouca autoconfiança em relação ao sexo e envolvimentos íntimos, dificuldade em ter vínculos afetivos, diminuição do desejo, e desconforto por não satisfazer a (o) parceira (o), o hábito de realizar as práticas sexuais com pouco envolvimento emocional e pensamentos sexuais que favorecem a rápida ejaculação.
Pesquisas recentes apontam como causas problemas e traumas emocionais relacionados à vida sexual do homem.
Os homens mais jovens e com pouca experiência sexual apresentam maior incidência desta disfunção sexual. Outros a desenvolvem devido a parceira sentir dor ou desconforto, assim ele termina logo a atividade sexual por estar preocupado com ela.
A Ejaculação rápida pode apresentar ainda como causas a hipersensibilidade na glande, falta de controle no reflexo ejaculatório, ansiedade excessiva, primeiras experiências sexuais inadequadas, insegurança, falta de conhecimento da sua sexualidade, enfraquecimento e tensão nos músculos do assoalho pélvico (região do períneo e pênis), entre outras.

Como melhorar?

Para melhorar o controle na ejaculação o homem precisa avaliar sua vida sexual individual e do casal, mudanças no comportamento e práticas sexuais, ter envolvimento emocional e físico durante as práticas sexuais. Algumas vezes precisará de ajuda profissional de um psicólogo, fisioterapeuta e médico que atuam em sexologia.
Dicas para melhorar a EP
1- Diminuir a ansiedade com atividades relaxantes e físicas, alguns casos com medicação;
2- Cuidar da alimentação e ter controle do peso corporal;
3- Evitar realizar com frequência a masturbação e relações sexuais com pressa, “as rapidinhas”;
4- Realizar momentos de intimidade e aumentar o tempo das preliminares, com envolvimento físico e emocional;
5- Evitar pensar em cenas eróticas durante as práticas sexuais, relaxar e envolver-se no ato em si e com a pessoa em questão;
6- Adquirir hábitos defecatórios e miccionais com calma e respeitando seu corpo, sem pressa;
7- Usar produtos eróticos durante as preliminares e em seus momentos de intimidade. Estes além de ajudar no controle ejaculatório irão satisfazer sua parceira e aumentar seu envolvimento no ato sexual;
8- Procurar tratamento com profissionais da saúde.
Para o tratamento físico recomenda-se que o homem aprenda a relaxar os músculos da região do períneo e adquira o controle no reflexo ejaculatório.
Importante sobre a melhora: a EP necessita de muitas mudanças comportamentais, emocionais e físicas (nos músculos do períneo). Seu tratamento requer participação do homem e do conjugue, é gradual e lento.
Alguns produtos sensuais que auxiliam no controle ejaculatório