Assine nossa newsletter e ganhe 10% de desconto em sua primeira compra

Guia sobre Vibradores

Guia rápido para higienizar vibradores vibradores sem estragar seu brinquedo

Então, chegou aquele momento em que sua cliente decidiu comprar o primeiro brinquedo ou mais um, para variar um pouquinho. Para que ela escolha os melhores vibradores, é importante que você a ajude a definir o tipo de estimulação que ela gostaria e entender quais funções cada um deles possuem.

Assim, ela se sentirá mais segura no momento da compra e não correrá o risco de se frustrar e abandonar o vibrador no cantinho de alguma gaveta.

Há uma infinidade de modelos de vibradores, estimuladores e massageadores. Escolher o melhor modelo pode ser até divertido e daremos dicas para que você entenda melhor esse delicioso mundo.

Ajude sua cliente a escolher os melhores vibradores

Existem algumas informações que você pode solicitar para ajudá-la a definir qual o melhor brinquedo para ela:

• Sozinha ou acompanhada

Existem tanto os vibradores capazes de dar prazer ao mesmo tempo para a cliente como para o seu parceiro e vibradores menores que podem estimular o clitóris ou outras regiões durante o sexo a dois, garantido uma dupla estimulação de forma confortável sem incômodos.

• Estimulação interna ou externa

É possível escolher entre orgasmo externos, com estimulação do clitóris e períneo ou orgasmos internos, aqueles que estimularão o Ponto G e anal, ambos com penetração.

• Tipo de material

Podem ser produzidos em diferentes tipos, dos mais flexíveis como: Silicone, Elastômetro, Jelly, Cyberskin (esse tipo imita a pele humana) ou materiais rígidos como: Acrílico, Metal, Aço, Vidro, plástico ou Látex.

• Formato

Existem bullets, cápsulas, realísticos, rotativos, em formato de U ou anéis.

Principais tipos de vibradores e suas funções

Vibrador Bullet

Se praticidade for o que sua cliente busca, esse será o queridinho dela. Por serem pequenos e discretos, podem ser levados na bolsa. São estimuladores clitoriano, mas também podem ser introduzidos na vagina ou no ânus. Funcionam à bateria, mas existem opções com controle remoto que usam pilhas e possuem diferentes níveis de vibração.

A cliente poderá usá-lo sozinha ou à dois, o posicionando em cima do clitóris e fazendo movimentos suaves.
Você ainda poderá indicar o vibrador que é usado como se fosse uma calcinha, pois têm cintas laterais que permitem o ajuste para vesti-lo.